EmpreendimentosUrbanismo

Idealiza leva o alto padrão para o norte de Macapá

alto padrão

A Idealiza já foi protagonista em mudanças comportamentais de consumidores em seus projetos. No litoral norte gaúcho, as pessoas migraram da ideia de apartamento perto do mar para grandes condomínios de luxo próximos à rodovia. Na região de Pelotas, deslocou praticamente 50% da população de alta renda para seus empreendimentos, conferindo valor a toda uma nova região do município.

Com seu novo empreendimento em Macapá, a Idealiza, novamente ajuda a mudar o vértice de desenvolvimento de uma cidade. Levando ao norte de Macapá um empreendimento fechado, de alto padrão de qualidade e com conceito inovador, a urbanizadora faz jus ao seu mantra: criar experiências inéditas de bem viver.

Planejamento urbano voltado para o norte

A Idealiza faz a sua parte para o desenvolvimento urbano da zona norte de Macapá, mas também acompanha uma tendência de expansão da cidade para essa direção.

“Gradualmente, a zona norte vem melhorando o uso e a ocupação do solo, com a recepção não só de instituições, mas de empreendimentos incorporados à paisagem”, explica o arquiteto e urbanista José Alberto Tostes, doutor em história da Arquitetura e estudioso de Macapá.

Como a parte sul da cidade já está bem urbanizada e ocupada, é no norte que está o maior potencial para a realização de projetos imobiliários mais ambiciosos, como o empreendimento inovador que a Idealiza está lançando. A seguir, você vai entender por que faz mais sentido planejar o seu futuro nessa região.

Trabalho e serviços públicos

Entre os maiores empregadores de Macapá estão repartições públicas como a Justiça Federal, Justiça do Trabalho, Polícia Civil, Polícia Federal e Detran. Há ainda muitos advogados e outros profissionais que não trabalham diretamente nesses órgãos, mas os frequentam regularmente em seu ofício.

As sedes de todas as instituições citadas no parágrafo acima ficam no norte da cidade. A região conta com uma unidade do Super Fácil, um batalhão do Corpo de Bombeiros e o Instituto Federal do Amapá. O norte também receberá o Hospital do Câncer de Barretos, Hospital Metropolitano e uma nova maternidade, todos em construção.

Mobilidade

A principal via que liga o centro à zona norte de Macapá é a BR-210, que possui várias pistas e tem recebido obras de duplicação, iluminação e construção de passarelas. Mas a mobilidade dos moradores do norte para as demais regiões da cidade não dependerá, para sempre, apenas da BR-210.

A rodovia Norte-Sul, em fase de construção, vai qualificar ainda mais a infraestrutura de tráfego da região. Contratada por convênio entre o Governo do Amapá e o Ministério das Cidades, com investimentos de R$ 50 milhões, a via cruzará a cidade, da zona norte à zona sudoeste.

Comércio e serviços

A zona norte possui seu próprio centro comercial, que se estende pela BR-210. Ali e nas proximidades, os moradores contam com grandes redes de supermercados, farmácias, restaurantes, concessionárias, lojas de materiais de construção e comércio varejista de eletrodomésticos e importados.

Com a maior infraestrutura e gradual expansão demográfica para o norte, a tendência é que esse comércio se amplie. A demanda crescente deverá criar também novas opções de lazer na região. Assim, quem vive no norte precisará se deslocar cada vez menos para o centro, pois suas necessidades já serão atendidas na área onde moram.

Idealiza leva o alto padrão para o norte

Como você pôde notar, o planejamento urbano de expansão para o norte não é uma aposta da Idealiza. É uma realidade concreta, baseada em fatos. Veremos um cenário de geração de emprego e renda, e o envolvimento da comunidade do entorno vai auxiliar na melhoria constante da qualidade de vida na região.

Se você quiser saber mais sobre o empreendimento de alto padrão que a Idealiza vai trazer para a região, cadastre-se e receba as novidades em primeira-mão.

Um Comentário

  1. […] as obras de duplicação da BR-210 e o projeto da Cidade Administrativa não deixam dúvidas: Macapá está expandindo para o norte. E a Idealiza quer ser parte dessa importante mudança, aceitando o desafio de ajudar no […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *